E o que é visitar uma cidade, um país, sem conhecer a cultura de seu povo? As possibilidades são imensas, de museus e monumentos a comunidades tradicionais, como as quilombolas e indígenas no Brasil. Até mesmo experiências imersivas, em que o turista passa um tempo maior, hospedado por um morador local, para se integrar ao cotidiano daquelas pessoas.

Passear por locais históricos, ver de perto grandes obras de arte, sentir o cheiro e o sabor de uma comida típica, acompanhar rituais religiosos e vivenciar costumes é um conhecimento que não se adquire nos filmes e livros.